Espelho

5 Março - 2 Maio 2021
  • Para Vortic "Female Voices of Latin America", apresentamos ESPELHO. Uma curiosa definição do objeto "Espelho" (do latim speculum) diz que "espelho é uma superfície que reflete um raio luminoso em uma direção definida, em vez de absorvê-lo ou espalhá-lo em todas as direções. As distâncias dos objetos são sempre consideradas positivas e as distâncias das imagens são consideradas positivas para imagens reais e negativas para imagens virtuais". Portanto, uma metáfora enganosa a partir de sua definição de imagem para o novo 'espectro' que estamos vivendo.

    Cinco mulheres artistas na exposição ESPELHO — Aleta Valente, Ana Linnemann, Laura Lima, Maria Laet e  Renata Lucas — agregam como citação, escolhidas e convidadas pela A Gentil Carioca, pelo reflexo.

    • Ana Linnemann, Bordadinho Modernista no 5, 2015 [ Little Modernist Embroidery (#5)], 2015
      Ana Linnemann, Bordadinho Modernista no 5, 2015 [ Little Modernist Embroidery (#5)], 2015
    • Maria Laet, Sobrecéu, 2019
      Maria Laet, Sobrecéu, 2019
    • Maria Laet, sem título [untitled], 2013/2017
      Maria Laet, sem título [untitled], 2013/2017
    • Maria Laet, sem título [untitled], 2013/2017
      Maria Laet, sem título [untitled], 2013/2017
    • Renata Lucas, quadroquadro (rompe), 2020
      Renata Lucas, quadroquadro (rompe), 2020
  • A vastidão proporcionada por um espelho frente ao outro quebra a planaridade de sua superfície e abre uma janela que... A vastidão proporcionada por um espelho frente ao outro quebra a planaridade de sua superfície e abre uma janela que... A vastidão proporcionada por um espelho frente ao outro quebra a planaridade de sua superfície e abre uma janela que...

    A vastidão proporcionada por um espelho frente ao outro quebra a planaridade de sua superfície e abre uma janela que nos desloca para uma zona de perspectivas tão particular quanto curiosa.

  • Vamos de encontro àquilo que se vê quando olhamos para dentro e para fora do espelho. Com uma seleção de trabalhos, trazemos uma exposição virtual pensada através de um espelho, que reflete sobre o atual estado de imersão no espaço digital, compartilhado por todos nós. A partir dos displays, somos vistos e vemos múltiplos reflexos. A proposta é de um jogo de espelhos e a contemplação dos pontos de vista possíveis para dentro e para fora dele.

     

    A vastidão proporcionada por um espelho frente ao outro quebra a planaridade de sua superfície e abre uma janela que nos desloca para uma zona de perspectivas tão particular quanto curiosa. Enquanto nossa silhueta esmaece ao longe, o que há de material em nós permanece aqui. Experienciamos algo similar frente à tela, com aquilo que compartilhamos na rede, da nitidez da imaginação, da opacidade da representação e da reflexão das ideias.

     

    Vemos na produção recente das artistas essas múltiplas realidades, perspectivas e imagens duplicadas, coexistindo em um itinerário poético próprio.

     

    • Aleta Valente, Condicionada, 2019
      Aleta Valente, Condicionada, 2019
    • Aleta Valente, Palm dreams, 2020
      Aleta Valente, Palm dreams, 2020
    • Aleta Valente, Com amor, Aleta, 2020
      Aleta Valente, Com amor, Aleta, 2020
    • Aleta Valente, Bárbara, 2019
      Aleta Valente, Bárbara, 2019
    • Laura Lima, Figurinos para Balé e Carnaval, (Croquis) #2, 2021
      Laura Lima, Figurinos para Balé e Carnaval, (Croquis) #2, 2021
    • Laura Lima, Figurinos para Balé e Carnaval, (Croquis) #1, 2021
      Laura Lima, Figurinos para Balé e Carnaval, (Croquis) #1, 2021